Please enable JavaScript to view the comments powered by Disqus.
Fale com o John Deere Journal

Empatia, resiliência e propósito. Essas três palavras, tão em moda ultimamente, não podem fazer parte de discursos vazios, de empresas não verdadeiramente comprometidas com a sociedade neste momento particularmente difícil. E o que se vê na rede de concessionários John Deere por todo o País são demonstrações de atitudes solidárias, sejam em relação à comunidade, funcionários, fornecedores e, principalmente, clientes. A velocidade na tomada de decisões foi primordial para reverter uma situação caótica e a palavra parceria faz mais sentido do que nunca.

Foi pensando em ajudar pessoas em transição no mercado de trabalho, por exemplo, que nasceu o Treinando para o Agro, promovido pela Iguaçu Máquinas, que tem sua matriz na cidade de Rondonópolis (MT). A proposta era promover treinamento virtual básico para quem não atua no agronegócio, mas que poderia fazer desse evento um trampolim para incrementar o currículo e ingressar na área. A previsão inicial era reunir 500 pessoas, mas o número de inscrições saltou para 1,2 mil. Enquete apontou que 50% da audiência estava desempregada naquele momento. O interesse gerado foi tanto que, mesmo após o encerramento dos seis módulos, a conversa se estendeu por mais 1h30.

Peça promocional do curso gratuito Treinando para o Agro
Curso online, destinado a quem pretende ingressar no agronegócio, atraiu 1,2 mil pessoas

“Alguns clientes nos mandaram vagas em aberto e, durante o treinamento, apresentávamos essas oportunidades às pessoas. Um dos módulos, inclusive, ensinava como se apresentar em entrevistas de emprego, fazer currículo e indicava perfis na internet com oferta de vagas no setor”, destaca Estela Gavinho, diretora de Marketing e Recursos Humanos da Iguaçu Máquinas, com 13 unidades nos três estados do Centro-Oeste.

No começo do ano, antes dessa forçada mudança de rota, a empresa tinha como meta fortalecer o conhecimento da própria equipe sobre o setor. Foi assim que nasceu a campanha interna Somos Agro, com realização de palestras e compartilhamento de muita informação a respeito do agronegócio brasileiro.

“O agro sofreu inúmeras injustiças nos últimos anos, muitas inverdades foram ditas e achamos importante esclarecer principalmente nossos colaboradores”

Estela Gavinho, da Iguaçu Máquinas

Os clientes também foram contemplados com diversas ações após o início da pandemia. Uma delas foi a Semana Agrodigital, realizada no começo de abril, com duas horas diárias de troca de informações com especialistas. Outra iniciativa foi a websérie + Performance Iguaçu, tutoriais de manutenção básica voltados aos operadores das máquinas, evitando a presença física do técnico na fazenda para soluções rotineiras. Durante o período de distanciamento social, a Iguaçu Máquinas oferece gratuitamente o serviço Suporte Remoto aos clientes, realizado por equipes que se revezam entre a loja física e o home office.

Campanha para funcionários da Iguaçu Máquinas estimula uso de máscara
Campanha da Semana Agrodigital, da Iguaçu Máquinas
Durante a Semana Agrodigital, em abril, os clientes da Iguaçu Maquinas puderam trocar informações com especialistas diariamente sobre os mais diversos temas. Já para o público interno, a empresa desenvolveu várias campanhas, inclusive destacando a importância do uso de máscaras e outras medidas preventivas

Mais liberdade à equipe

Quando voltou de viagem ao Vale do Silício (EUA) em dezembro do ano passado, Rosineide Alves de Campos, gerente geral de Negócios da Ciarama Máquinas, tinha muito claro que era preciso avançar na gestão da empresa. A concessionária tem sete lojas, sendo que Rosineide fica em Ponta Porã (MS).

Na opinião dos dirigentes, chegava a hora de implementar gestão mais aberta para acompanhar a velocidade dos negócios. “Sentimos a necessidade de focar em ferramentas que dessem liberdade para os operadores atuarem de forma mais rápida, sem tanta dependência do gestor. Para isso, foram realizados investimentos em aplicativos, ferramentas de Business Intelligence (BI) e de autogestão”, explica. As respostas da equipe, formada por 248 colaboradores, também vieram em alta velocidade, assim como os bons resultados.

Ação realizada por funcionários da Ciarama Máquinas, clientes e comunidade resultou em mais de 1,3 mil cestas básicas doadas a famílias carentes da região

O mundo, ela nem imaginava, mudaria depois de alguns meses de seu retorno dos Estados Unidos e as rotas precisaram ser ajustadas durante o percurso. Uma entre tantas ações promovidas pela Ciarama resultou da união entre clientes, funcionários e comunidade para arrecadar mantimentos. Resultado: doação de 30 toneladas de alimentos a entidades sociais.

A falta de profissionais qualificados no mercado também motivou a concessionária a promover treinamento online gratuito, projeto chamado Operador Nota 10. Para receber certificação, os 190 inscritos passaram por avaliação, com necessidade de tirar média 8,0. A partir daí, os clientes puderam contar com ajuda de um atualizado banco de currículos para buscar talentos.

“Muitas vezes, as respostas não estão no gestor, mas na equipe que está na ponta. Estamos em processo de amadurecimento nesse sentido”

Rosineide Alves de Campos, da Ciarama Máquinas

Outra iniciativa, entre as várias realizadas, foi a criação do consultor virtual, que ajudou a equipe de pós-venda a aumentar os resultados em 20%. “Estamos muito focados nas tendências do e-commerce, das vendas online”, diz. Para o público interno foi lançada a Cássia, comunicadora virtual, que transmite mensagens sobre medidas protetivas à Covid-19.

A criação de um departamento de Marketing, encarado como uma start-up na concessionária, também tem ajudado a Ciarama a ser mais ágil. “Projetos que antes demoraram três meses para ficar prontos, agora em 30 dias já estão na rua”, frisa. E o que não faltam por lá são projetos.

É o caso da raspadinha virtual lançada após o cancelamento da Agrishow este ano, ajudando a concessionária a manter relacionamento com os clientes e aumentar faturamento. Outro bom exemplo de crescimento foi no canal da Ciarama no YouTube.  O número de inscritos saltou de 200 para 1.390 no período!

Peça de campanha do Instagram da Ciarama Máquinas
Criação de Departamento de Marketing deu agilidade aos projetos e ampliou presença digital da Ciarama Máquinas

Soluções em tempo recorde

Em Campo Mourão (PR), a loja da M.A. Máquinas ficou 15 dias fechada a partir de 22 de março. Cada município do Estado adotou uma política contra o Covid-19 e a decisão da Prefeitura local forçou a equipe da concessionária a encontrar uma solução rapidamente. A M.A. Máquinas tem 11 unidades e 500 funcionários, sendo a matriz em Cascavel, no Paraná.

Esse fechamento repentino pegou de surpresa Ederson Pinheiro da Costa, gerente de pós-vendas da unidade, e toda a equipe. Era preciso encontrar uma solução para não deixar de atender o cliente no campo. Foi realizada uma força tarefa nos canais digitais e via contato direto com os clientes para informar sobre a implantação do drive-thru na loja. “No começo a situação foi bem crítica por conta do receio dos clientes, mas conseguimos suprir todas as demandas. O agronegócio não para e tivemos de nos reinventar rapidamente”, admite.

O corpo a corpo com o cliente agora se dá por voz, imagem e texto no WhatsApp. Todos os clientes com os quais os funcionários da loja tiveram contato nos últimos dez anos foram reativados por Ederson e seu time. A atitude surtiu efeito.

Da matriz, o Centro de Operações monitora todas as máquinas dos clientes em tempo real por 24 horas. Muitas vezes, o cliente é avisado sobre um problema no maquinário antes mesmo de perceber algo errado. Nesse período de pandemia foram realizados mais de 160 acessos remotos, demonstrando que a tecnologia se tornou grande aliada de toda a cadeia produtiva.

Campanha da M.A. Máquinas no Instagram sobre o pacote de monitoramento para atendimento remoto
Em meio à pandemia, atendimento remoto ganhou espaço e foi destaque em campanha da M.A. Máquinas no Instagram

“Nossos clientes se sentiram acolhidos, agradeceram muito a atenção. Daqui para frente, nossa relação deverá se intensificar ainda mais, mesmo ele vindo menos à loja”

Ederson Pinheiro da Costa, da M.A. Máquinas

Os treinamentos online têm sido fortes aliados nesse sentido, pois a equipe precisa acompanhar as mudanças tecnológicas, seja em relação ao atendimento ou aos serviços e produtos oferecidos. “Não existe pós-venda como o da John Deere na área agrícola”, diz Ederson orgulhosamente.

Websérie +Performance Iguaçu apresenta tutoriais de manutenção básica destinados aos operadores de máquinas
Comentar
Comentários